domingo, 20 de dezembro de 2015

Como surgiu a ideia do Projeto Palpitão (PLC)?

Depois de lançado há seis anos, decidi contar em linguagem informal porém, com detalhes, por que e como tive a ideia do Projeto Palpitão das Loterias Caixa (PLC).
Aconteceu o seguinte:
A primeira vez que vi pessoalmente um computador foi em 1997 - 16 anos depois do lançamento do primeiro computador pessoal. Acho que era um PC 486.
PC 486 1993 - CPU 50Mhz, Memória 4MB, HD 256MB
No ano seguinte vi pela primeira vez, uma navegação na internet, numa empresa onde trabalhei que tinha uma rede de computadores. Imagino que aqueles computadores eram Intel Pentium II.
Intel Pentium II 1998
Quando vi aquelas imagens, informações e o conteúdo em geral, pensei: "Que coisa fantástica! Poucas pessoas terão acesso a isso." Naquele momento, eu estava somente como espectador, pois nunca tinha tocado nem no teclado de um computador. E naquela época, computador ainda era um item de luxo e desnecessário para a maioria das pessoas.
Uma máquina com configurações mínimas, que hoje não tem nenhuma funcionalidade útil, tinha o preço na faixa de R$ 2.000,00 - quando o real era moeda forte. E a velha conexão de internet discada que chegou ao Brasil em 1995, alcançava velocidade máxima de 46 kbps. Por esses motivos, o computador só era usado para finalidades específicas, geralmente em grandes empresas e escolas.
Nas escolas particulares se usava o computador para tarefas administrativas. E nas escolas públicas, onde ainda se usava o mimeografo e a máquina de datilografar, a informática estava mais distante.
Fiquei entusiasmado com aquela máquina mas, não tive curiosidade de operá-la. Naquela época eu só queria estudar eletrônica e acompanhava as novidades tecnológicas pela revista Info Exame.
Dois anos se passaram. No ano 2000 trabalhei em outra empresa, onde tinha um computador com internet. Era um computador de trabalho, com arquivos importantes mas, por ser uma empresa pequena do ramo de tecnologia, com poucos funcionários e o dono dominava o uso do computador, a gente podia "mexer" por curiosidade naquela máquina.
A configuração da máquina estava um pouco melhor mas, a conexão de internet ainda era a mesma.
O computador era branquinho, com monitor de tubo 15", rodando Windows 98. Acho que era um Intel Pentium III.
Intel Pentium III 2000
Os meus colegas só usavam o computador para jogar os clássicos joguinhos do Windows FreeCell/Paciência Spider ou campo minado. Eu nunca aprendi jogar nenhum desses jogos.
Quando eu usava o computador, eu aproveitava o tempo para procurar conteúdo sobre eletrônica, com o objetivo de complementar os conhecimentos adquiridos no curso técnico. Eu navegava pelo Internet Explore ou Netscape e pesquisava pelos buscadores Cadê? e Altavista. A Yahoo! e AOL que dominavam a internet. A Google estava engatinhando naquela época.
Naquele momento, do Brasil não tinha quase nenhum site na internet e o que tinha era feito com poucos recursos e hospedado no extinto GeoCities. Era complicado e desinteressante. Isso me fez perder o interesse pelo uso do computador. Eu tinha a impressão, que na internet só teríamos aquilo mesmo, por muitos anos.
Quase dois anos depois, no final de 2002, meu irmão caçula fez um curso básico de informática e comprou um computador.
Era um AMD Duron 1.2 Ghz, Memória 128 Mb DIMM, HD 20Gb, leitor de CD, disquete e monitor de 15". Parcelado custou mais de mil e duzentos reais mas, era o melhor preço do mercado, por ser um AMD e porque vinha com Linux OS - que ninguém sabia usar. Porém, na mesma semana foi feita uma reclamação na loja e mandaram um técnico instalar o sistema Windows XP Home Edition.
O computador ficou duas semanas praticamente sem uso. Até que fizemos a ligação da linha telefônica no fax modem 56K.

Eu assistia meu irmão operando o sistema e ele me dava algumas instruções e dicas sobre o uso do computador. Ele gostava dos joguinhos do windows, jogos de tiro que baixava do Baixaki e gostava de ver coisas engraçadas no site Humortadela.
Quando comecei a usar aquele computador, meu principal objetivo ainda era navegar na internet. E quando eu abri o navegador e comecei a acessar as páginas, percebi de imediato uma grande mudança e melhora do conteúdo da web. Aquele progresso me impressionou.
Então, para navegarmos tranquilos, adquiri outra linha telefônica só para a internet. Para não ocupar o telefone de casa.
Uma conexão discada, cobrava a tarifa de uma ligação local. Por isso, quase não navegávamos antes do horário de tarifa reduzida, a qual só cobrava por um minuto, das 21h00 até as 7h00 de segunda a sábado e das 14h00 de sábado a 7h00 de segunda-feira. Esse era o tempo que eu usava para navegar até de madrugada durante a semana e quase o dia inteiro do sábado e domingo. E aquele hábito me trouxe problemas para trabalhar bem durante o dia e dar atenção a namorada a noite e no fim de semana. Aliás, com namoradas tive muitos problemas por causa de internet - não contarei essa parte.
Eu pensava que aquele entusiasmo era passageiro mas, não foi.
A cada dia, a cada mês, a internet evoluía progressivamente. E eu aproveitava para pesquisar e adquirir mais conhecimento.
Com o passar do tempo, eu reduzi meu ritmo frenético no uso da internet. Pois, eu tive que conciliar minha rotina real e minhas responsabilidades com aquele hábito que já estava me prejudicando. E a gota d'água foi um problema que tive ao acessar conteúdo pornográfico, o qual eu sempre ignorava desde o início de minha experiência com a internet. O problema aconteceu quando eu decidi "dar uma olhadinha" naquele conteúdo. E um daqueles sites me fez baixar um discador que prometia acelerar a conexão, para visualizar melhor as páginas. Eu como um idiota, cai numa armadilha da internet pela primeira vez.
Como a linha telefônica não tinha nenhuma restrição, o tal discador, fazia conexões com número de telefone internacional. Só descobri isso quando chegou a segunda fatura do telefone, com mais um valor exorbitante.
Aquele discador mal intencionado gerou duas faturas altíssimas. Uma fatura de aproximadamente 400 reais e outra de quase 300 reais.
Desinstalei o software mal intencionado, paguei as faturas e não comentei nada com ninguém mas, aquele episódio me serviu de lição e fiquei mais atento.
O tempo passou, a internet evoluiu muito mais - a conexão ainda era a discada - e eu sempre atento as armadilhas. Porém, no final de 2004, me deparei com mais um perigo bem atraente. Para mim era a ideia mais fantástica para ajudar o mundo. Óbvio, que só descobri que não era e nunca será, quando me dei mal de novo.
O perigo era uma pirâmide financeira antiga das mais descaradas da história da internet.
A pirâmide como a maioria dos internautas sabe, é um esquema mal intencionado que consiste em recrutar pessoas numa rede de afiliados, e cada novo afiliado gera algum valor em dinheiro para quem o recrutou, blá, blá blá... Pois bem, entrei naquela pirâmide, baixei o software de gerenciamento e fiz sete depósito de um real cada, para os "filhos da mãe" que estavam acima de mim. Assistia as reuniões com os estelionatários criadores do esquema, numa sala do velho PalTalk, onde eles davam dicas de como recrutar pessoas com mais facilidade.
Muito maravilhado com aquela ideia, eu só pensava no benefício que ela traria ao Brasil e ao mundo, graças a internet. Porém, preferi não comentar com ninguém.
Logo depois, por sugestão dos estelionatários, adquiri um kit de softwares e lista de e-mails para fazer as propagandas e recrutar pessoas para minha rede. Paguei R$160,00. Eu enviava e-mail (spam) para muitas pessoas do Brasil, falando sobre o tal sistema que era chamado MMN (Marketing Multinível). Porém, as poucas respostas que eu recebia, eram sempre negativas. Nas respostas as pessoas me chamavam de idiota, vagabundo, mandava eu procurar um emprego, etc... E eu não conseguia entender porque diziam aquilo.
Hoje sei que o único MMN que funciona de verdade no Brasil, é o de cosméticos e perfumaria.
Pouco tempo depois que fiz o segundo depósito mensal, a pirâmide caiu e eu não tinha conseguido nem um afiliado. Provavelmente já estava saturada e os internautas atentos ao golpe. Foi da noite pro dia, o software parou de funcionar porque era conectado a um servidor e os "filhos da mãe" que começaram a piramide sumiram com a grana de todos os trouxas.
Aí, a ficha caiu e eu admiti que tinha caído em um golpe e em mais uma armadinha da internet.
Então, a partir dali continuei minhas navegações na web com mais atenção.
Já em 2005, o onda do momento no Brasil era o tal do Orkut, que ainda era em inglês e novos usuários só entravam com convite.
Meu irmão caçula, que sempre foi mais antenado em informática do que eu, já estava no Orkut e a princípio não me interessei muito em entrar mas, pedi para ele me convidar e entrei. Para mim aquele ambiente não era muito atrativo mas, à medida que fui explorando a rede, gostei.
No início, o Orkut ficava fora do ar muitas vezes ao dia, pois estava sendo atualizado. Quando ele passou completamente para português, as coisas melhoraram muito. Aí, perdi e ganhei muito tempo interagindo com muitas pessoas. Naquele ínterim da evolução do Orkut, me envolvi em muitas coisas boas, em coisas complicadas, intrigas e romances.
A partir daquele momento, para mim a internet estava ótima mas, a conexão da maioria das pessoas ainda era horrível. Eu pesquisava no buscador Google, assistia YouTube, usava o MSN e o Orkut. Usava o Skype no trabalho, onde tinha uma conexão "banda larga" de 128Kbps. Eu era fascinado pela tecnologia VoIP.
Dois anos se passaram e eu ainda usava a internet naquela rotina.
Porém, em em meados de 2007, surgiu um suposto concorrente do Orkut que prometia remunerar seus usuários. O Projeto Gândia. Eu sabia que era só uma fachada de mais uma pirâmide mas, era muito bem feita e atraente. Sabe o que eu fiz? Entrei. Todo castigo pra pessoa burra é pouco!
Achei tudo muito bem feito, organizado, bonitinho e entrei.
Então, com mais acesso as pessoas pelas redes sociais, comecei a convidar todo mundo. Convidei colegas de trabalho, amigos, parentes e familiares para entrarem na minha rede. E todo mundo me dizia algo do tipo: - Clebson, você acredita que isso funciona? Analise a proposta e veja que isso não dará certo. Só ganha quem criou e quem entrou bem no início desse esquema.
Lembrando da experiência anterior, eu nem argumentava e era obrigado a concordar com o que me diziam mas, minha esperança de uma ideia como aquela funcionar e ajudar muitas pessoas, me fazia insistir naquele erro. Desde minha adolescência o meu sonho é poder ajudar grandemente as pessoas.
Então, como um trouxa eu preferi acreditar que o Projeto Gândia era sério e fiz depósitos bancário de um real por quatro meses mas, só consegui colocar uma amiga na minha rede. Uma grande amiga.
Então, parei de relutar contra a realidade, saí da pirâmide e pedi para minha amiga sair também. Logo depois, como era de se esperar, mais uma pirâmide caiu.
Dessa vez, não tive perda significativa de dinheiro mas, com certeza muita perda moral. Depois eu fiquei imaginando, o que a pessoa que conferia os depósitos de um real, pensava de mim. Eu imaginava que alguém procurava as imagens das câmeras de segurança, para ver quem era o idiota que estava na pirâmide. Eu sentia vergonha quando falava com os amigos e parentes que convidei para entrarem no esquema, mesmo que eles já tinham esquecido. É um sentimento muito ruim se sentir um grandessíssimo idiota, saber que é humano, ridículo, limitado e que só usa 10% de sua cabeça animal♪.
Depois de mais uma frustração e a certeza de que tinha caído em mais um golpe, voltei a minha rotina de internet e daquela vez, também com a certeza de que tinha definitivamente, aprendido a lição.
Passei a usar meu tempo na internet para aprender muitas coisas e para facilitar meu trabalho. Porém, ainda tinha tempo para aprontar na web.
Paquerei muito, enviei e recebi muitos nudes, levei "ban" de comunidades e fóruns, fiz e perdi amizades virtuais, por intrigas corri risco de morte e por vacilos perdi uma namorada. Mas, estava "tudo tranquilo".
No final de 2007 encontrei no Orkut, a mulher que seria minha esposa até que Deus nos separe. Foi literalmente amor a primeira vista. Pois nosso primeiro contato, foi um scrap com a letra da música À Primeira Vista de Chico César, que ela adora.
Em 2008, mesmo casado e com o extenso aprendizado como internauta, confesso que ainda dei uns vacilos mas, minha mulher com uma atitude inteligente e esperta, deu um basta no meu transtorno de conduta. Entendi o ultimato e aceitei que eu estava em outra fase de minha vida. Computador e internet ficariam em segundo plano.
Passei a usar a internet moderadamente e mais consciente. No entanto, constantemente eu ainda encontrava novos esquemas de pirâmides na web. Eu pensava que àquela altura do acesso à internet, os malditos estelionatários não tinham êxito, porque todo mundo já estava ciente dos golpes. Talvez estivessem cientes mas, ainda caiam no golpe de pirâmides e outros.
As pirâmides continuavam em peso na internet e ainda conseguiam enganar muitas pessoas. O que eu podia fazer, era somente alertar os incautos, em comentários das propaganda dos esquemas.
Então, sempre me sentindo incomodado ao me deparar com as propostas dos supostos MMN que de fato são pirâmides, eu ficava pensando como uma grande e séria ideia na internet, poderia fazer de fato uma verdadeira transferência de renda. Comecei a pensar nisso em meados de 2009. E resolvi me dedicar na busca de resposta para minha indagação.
Naquele momento com um computador mais moderno Pentium 4 3.0 Ghz, memória de 1 GB e a internet de banda larga de 600 kbps, eu já tinha um amplo acesso a muito mais informações e recursos virtuais.
Pensei em muitas possibilidades mas, nenhuma outra foi tão plausível quanto a possibilidade de se usar loterias, para se fazer uma verdadeira transferência de renda. Embora as loterias oficiais, já fazem repasses para instituições sociais, eu achei que podiam premiar mais pessoas em seus concursos.
Eu não conhecia quase nada sobre loterias. Por isso, a primeira loteria que me chamou a atenção, foi a loteria popular do jogo do bicho. E eu sabia que era contravenção mas, comecei a desenvolver minha ideia com elas. Porque têm várias modalidades de apostas, é de fácil análise combinatória e tem grande probabilidade de acertos.
Criei um perfil com o pseudônimo/fake Xavier de Castro/McPatinhas (Tio Patinhas). Pronuncia-se como McDonald's.
Como o sistema envolveria muitas pessoas, seria necessário um conceito da relação pessoas e tecnologias de comunicação, principalmente na internet. Aí, pesquisei e encontrei um belo trabalho acadêmico sobre interatividade, do Grupo de Educação e Comunicação da UFBA - Universidade Federal da Bahia. E inspirado naquele trabalho, decidi criar o nome Organização Interatividade S.A, para ser a base de lançamento dos projetos. No futuro, esse será o nome da ONG que fará muitas coisas boas no Brasil.
Em seguida, analisei minunciosamente os fundamentos teóricos e comportamentais do jogo do bicho, para desenvolver o sistema ao qual dei o nome: Projeto Palpitão do JB 2700. Porque consistia em usar somente 2.700 milhares do total de 10.000, para garantir a premiação de pelo menos um, dos cinco primeiro prêmios dos sorteios.
Aquele era o projeto piloto da Organização Interatividade S.A., que tem o objetivo de desenvolver projetos que possam distribuir todas as combinações possíveis ou combinações otimizadas de qualquer tipo de loterias.
Divulguei o sistema em páginas sobre a loteria do jogo do bicho e os usuários gostaram da ideia. Porém, durante as ações para amadurecer e estabelecer aquele sistema, o fato de estar mexendo com uma atividade ilegal não me agradava. Eu preferi abandonar aquele sistema e o perfil fake. Pois, para o objetivo que tenho, legalidade e transparência, são essenciais.
Abandonei aquele sistema e comecei a analisar as Loterias Caixa.
Quando entendi bem o funcionamento das Loterias Caixa, pesquisei e encontrei os melhores softwares de estatísticas e geração de jogos de loterias. Escolhi os melhores serviços de armazenamento de arquivos em nuvem e um ótimo serviço de publicação de blog. E em 01 de Outubro de 2009, lancei o Projeto Palpitão das Loterias Caixa (PLC), que consiste em distribuir jogos altamente otimizados, dentro do universo das terríveis probabilidades nominais das loterias. Sempre com o objetivo de distribuir os prêmios das loterias para muito mais apostadores e assim, fazer uma verdadeira transferência de renda através da internet.
Apresentação do Projeto Palpitão
Usei um computador de baixo desempenho - único que eu tinha disponível - para executar os softwares e definir o sistema. O PC era um AMD Athlon XP 2400+ 2 Ghz, 1,5 GB RAM DDR1 mas, foi suficiente para definir o sistema e gerar a primeira otimização de jogos para a Mega Sena.
Estreei o sistema com Mega Sena, por ser a loteria Caixa mais almejada e com a menor probabilidade de acerto porém, com os maiores prêmios.
Foram gerados 5,5 milhões de jogos otimizados que acertaram a sena no primeiro teste e em muitos outros seguintes.
Como o processamento dos jogos era muito demorado e limitado, percebi logo que era necessário um computador de alto desempenho para otimizar os jogos com mais precisão e que poderia gerar uma otimização de até um milhão de jogos garantindo por exemplo, a sena da Mega Sena em todos os concursos.
Então, com o Projeto Palpitão das Loterias Caixa definido e funcionando, fui divulgá-lo e procurar condições para adquirir um novo computador. O preço de um computador ideal estava na faixa de preço de R$ 3 mil reais.
Desde que assumi minha verdadeira identidade, com todos os meus dados reais disponíveis na web, passei a me apresentar normalmente e propositalmente, com uma aparência ruim, exótica e até desagradável. Porque eu quis que as pessoas se interessassem pelo projeto, não por mim ou minha imagem.
Assim, divulguei o Projeto Palpitão principalmente nas comunidades do saudoso Orkut e cheguei a pedir colaboração para a aquisição do computador, com a intenção de incentivar o envolvimento e a mobilização das pessoas. Porém, ninguém se interessou em me ajudar e os internautas não se interessaram pelo sistema. Diziam que era ideia de louco, tentar distribuir milhares e milhões de jogos das loterias. De fato, a maioria das pessoas desconhece o poder dos recursos disponíveis na internet moderna e o poder dos computadores atuais. E comumente não dão muita importância a coisas sérias, ainda mais quando uma proposta vem de uma pessoa esquisita, segundo os hipócritas e preconceituosos padrões sociais.
Aí, parei de divulgar o projeto e deixei as coisas acontecerem naturalmente, até porque o projeto é válido enquanto existirem as loterias. Não tem nenhum custo para mim, é totalmente de graça para todo mundo e é livre para quem quiser copiá-lo.
No ínterim de 2009 a 2014, as velhas pirâmides ainda faziam vítimas pela internet. Foram lançados três grandes esquemas que vitimaram muitos trouxas. O esquema SGDA, o esquema Telexfree e o BBOM. Fui convidado para os três, até por parentes e amigos que não tinham a mesma experiência que eu. Tentei avisá-los mas, já estavam enganados e perderam muito dinheiro.
Essas últimas pirâmides bombaram na internet, enganaram muita gente e inevitavelmente caíram. Deixando as vítimas frustradas e desnorteadas.
Eu acompanhava aquelas loucuras na internet e pensava, por que as pessoas ainda se deixavam enganar por aqueles estelionatários mas, não davam importância para uma ideia que podia realmente funcionar e beneficiar muita gente. Talvez, o principal motivo desses golpes, seja sempre a ganância das pessoas, que as fazem ser enganadas por falsas aparências e promessas. Normalmente é assim: um indivíduo simples e honesto não tem credibilidade. E um indivíduo criminoso de boa aparência, bem vestido, persuasivo e que ostenta bens materiais - típico estelionatário, é bem visto e aceito pelas pessoas.
O tempo passava e a primeira otimização de jogos do Projeto Palpitão, ainda acertava a sena da Mega Sena.
No momento certo o tão esperado computador foi adquirido. Em janeiro de 2015 adquiri uma super máquina que atende plenamente, os processos de otimização de jogos para as Loterias Caixa.
O PC é um Intel Core i7 3770 3.4Ghz em 8 core, 8 Gb RAM DDR3 1600Mhz, SSD 32Gb para o S.O. Com essa máquina, posso executar muitos processos simultaneamente.

Ainda não consegui fazer uma proeza, garantindo a sena da Mega Sena em um milhão de jogos otimizados mas, de fato isso é possível.
Atualmente, com a crise que o Brasil está passando, tenho menos tempo para me dedicar ao Projeto Palpitão, pois a correria para ganhar o pão de cada dia, sempre será prioridade. E o projeto não é uma atividade rentável para mim e não pretendo que seja.
Sou técnico de eletrônica e tenho um negócio como MEI - Micro Empreendedor Individual, no ramo de prestação de serviços de eletrotécnica.
Nas páginas sobre o projeto tenho alguns anúncios remunerados da Google, que geram centavos, quando recebem cliques dos visitantes mas, em seis anos só foram gerados 64 dólares com aqueles anúncios.
Como foi dito, o objetivo da Organização Interatividade S.A. é lançar os projetos que distribuirão todas as combinações possíveis das Loterias Caixa. Esses projetos receberão o nome Projeto Minha (Mega Sena, Lotofácil, Quina...). Assim, muito mais apostadores ganharão algum prêmio nas loterias.
O Projeto Palpitão das Loterias Caixa é o piloto do sistema. O qual teve o objetivo de testar a ideia com otimizações de jogos e mobilizar as pessoas que constatassem a eficiência do sistema. Esse projeto continuará em paralelo aos outros.
Hoje temos tudo que proporciona a evolução dos projetos da Organização Interatividade S.A e qualquer outra ideia.
Temos internet super rápida, modernos computadores de mesa, notebooks, tablets, smartphones, smart tv, softwares, aplicativos e mídias sociais. Tudo convergindo e propiciando a interatividade das pessoas de todas as maneiras. Só nos falta colocar em prática para o bem, todos os meios de interação com essas tecnologias.
Minha ideia foi pioneira e até hoje é única. É a única que pode fazer muito mais ganhadores nas Loterias Caixa e assim, fazer uma verdadeira transferência de renda.
Em breve serão lançados: Projeto Minha Lotofácil e Projeto Minha Mega Sena. Os quais consistem na distribuição de um jogo simples, para cada pessoa.
Podem participar desses projetos todas as pessoas que acreditarem no sistema. Vou direcioná-lo também, às 13 mil casas lotéricas do Brasil. Em especial, para o norte e nordeste do país.
Ajudar grandemente as pessoas é o meu maior sonho. E estou batalhando para realizá-lo.
Assim, surgiu a ideia do Projeto Palpitão (PLC).

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Palpitão para Mega Sena

Palpites de 6 dezenas otimizadas e disponíveis em todos os concursos da Mega Sena.
Clique no botão, escolha qualquer arquivo e escolha qualquer linha com os cinco palpites de seis dezenas, faça suas apostas e boa sorte!

Mega Sena: 1788 06/02/2016

Distribuição

Obs.: A dezena 03 está fixa.

Palpitão para Lotofácil

Palpites de 15 dezenas otimizadas e disponíveis em todos os concursos da Lotofácil.
Clique no botão, escolha qualquer arquivo e escolha qualquer linha com os dois palpites de quinze dezenas, faça suas apostas e boa sorte!

Lotofácil concurso: 1320 05/02/2016


Distribuição


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Apresentação do Projeto

Não há muito o que dizer sobre o Projeto Palpitão das Loterias Caixa.
É muito simples, lógico, objetivo e interativo. Nada profissional, nem de interesse individual.
O projeto não é um produto comercial que precisa atrair e conquistar clientes e/ou consumidores. O projeto não precisa convencer ninguém de sua viabilidade, quem quiser ganhar só precisa participar.
O projeto é de interesse público, geral e social.
Contudo, faremos aqui uma apresentação dos principais pontos do projeto.
- O Projeto Palpitão das Loterias Caixa fará uma verdadeira distribuição dos prêmios das principais Loterias Caixa.
- Veja como é possível
Sabemos que os prêmios das Loterias Caixa sempre acumulam, mesmo com o grande número de apostas. Isso acontece pelos principais fatores:
- as probabilidades das loterias são terríveis;
- cada apostador quer ganhar sozinho o prêmio principal;
- nos concursos há muitas apostas com combinações repetidas;
- muitas combinações de dezenas estão fora das estatísticas observadas nos resultados dos sorteios.
Para "bater de frente" com esses "fatores negativos", o projeto PLC definirá e distribuirá combinações de dezenas otimizadas para apostas que farão muito mais ganhadores das loterias em todos os concursos.
Para você ter mais chances de ganhar algum prêmio, basta participar.
- Participar do projeto é simplesmente acessar o blog de distribuição das combinações otimizadas e pegar seus jogos toda vez que você for apostar na loteria. Não é um bolão convencional, as apostas são mínimas, serão pagas normalmente nas casas lotéricas e você não dividirá seu prêmio com nenhum participante. Não precisa de cadastro, inscrição, associação ou qualquer vínculo. Você participa anônimo(a).

- O projeto abrange as seguintes loterias que têm probabilidade fixa:
MEGA SENA
QUINA
DUPLA SENA
TIMEMANIA
LOTOMANIA
FEDERAL (somente resultados para o Projeto Palpitão do JB (PJB) - estacionado)
LOTOFÁCIL

- Probabilidades das Loterias Caixa
Aprenda a interpretar corretamente as probabilidades das Loterias Caixa.
MEGA SENA:
Com 6 (seis) dezenas - Sena = 1 em 50.063.860.
Ex.: Se o apostador jogasse 50.063.860 (mais de 50 milhões) combinações possíveis de seis dezenas, teria garantia de acertar 1 (uma) Sena.

QUINA:
Com 5 (cinco) dezenas - Quina = 1 em 24.040.016.
Ex.: Se o apostador jogasse 24.040.016 (mais de 24 milhões) combinações possíveis de cinco dezenas, teria garantia de acertar 1 (uma) Quina.

DUPLA SENA:
Com 6 (seis) dezenas - Sena = 1 em 15.890.700
Ex.: Se o apostador jogasse 15.890.700 (quase 16 milhões) combinações possíveis de seis dezenas, teria garantia de acertar 1 (uma) Sena.

Quando o apostador faz uma aposta mínima nas Loterias Caixa ou qualquer outra loteria, estará concorrendo com uma combinação de dezenas contra todas as outras combinações possíveis.

Veja o conteúdo completo sobre essas probabilidades no site da Caixa.
Site Loterias Caixa

- Início das atividades
Começamos o projeto com a Mega Sena para mobilizar um número suficiente de participantes para todas as loterias.
A Mega Sena é a Loteria Caixa que tem a menor probabilidade. Uma Sena em 50.063.860 combinações. Não é possível mudar a probabilidade da Mega Sena enquanto forem 60 dezenas por cartão e 6 dezenas por sorteio. Mas podemos selecionar combinações com ótimas chances de acertos de Sena.
O Projeto Palpitão das Loterias Caixa usa um incrível software de loterias para otimizar as probabilidades das Loterias Caixa.
Com o software HTLoto Plus 3.8, podemos "brincar" com os números das loterias.
Com esse software podemos refinar as 50 milhões de combinações da Mega Sena com mais de 40 filtros baseados em estatísticas dos resultados dos sorteios.
Após o refinamento, temos aproximadamente 6 milhões de combinações de 6 dezenas altamente "otimizadas e potencializadas" que garantem de 70 a 100% de acerto de Sena. Dessas combinações, independentes do acerto de Sena, em todos os sorteios sairão Quinas  e Quadras.
As 6 milhões de combinações que são 12% das 50 milhões de combinações, ainda aceitam mais refinamentos.
Deixamos a critério do apostador, a substituição de algumas "combinações esquisitas” por outras das listas de combinações.

- Entenda como as combinações serão distribuídas:
- As combinações estão em listas no formato ".txt" (texto) e são armazenadas no produto SkyDrive-Office da Microsoft.
- Serão distribuídas de 5 a 10 combinações para cada participante do projeto.
- Há uma página Web no produto Blogspot da Google exclusiva para um contador de acessos que gera o número da Localização de seus Jogos nas listas armazenadas. Na página há instruções do procedimento para acessar as listas de combinações.
- É aconselhável que os participantes com mais experiência em Internet divulgue o projeto e oriente as pessoas que tenham alguma dificuldade nos procedimentos. Serão necessários de 600.000 a 1.200.000 participantes para pegarem todas as combinações. Mas isso não significa que é necessário distribuir todas as combinações em cada concurso para acertar a Sena. Por exemplo, no concurso 1220 da Mega Sena de R$119 milhões, as dezenas sorteadas estão no número de localização 91442.
- Poderemos participar em todos os concursos, só em concursos de final 0 e 5 ou só quando acumular num valor muito alto.
- O processo de distribuição é totalmente gerenciável. As combinações não são fixas, serão atualizadas rapidamente quando necessário.

Essa é uma versão Beta. Veremos como os produtos e serviços que escolhi se comportam.
Quando o projeto estiver em pleno funcionamento, esse blog de apresentação será desativado e os participantes terão acesso direto ao blog do procedimento de distribuição das combinações de dezenas.  

VALENDO! Estão disponíveis 4.500.000 jogos de 6 dezenas.
Aqui estão as combinações de 6 dezenas otimizadas.
São 2.587.997 jogos de 6 dezenas para o concurso 1762 da Mega Sena.
Sugiro que cada participante pegue cinco combinações em cada concurso.
Estão todas identificadas em listas .txt.
O procedimento é bem intuitivo, simples, objetivo e interativo.

Para pegar os palpites, clique no botão a baixo, escolha qualquer arquivo e escolha qualquer linha com os cinco palpites de seis dezenas.
Boa sorte e bom entretenimento!
Distribuição